A trajetória do São Cristóvão F.R. no Campeonato Carioca

Atualizado: 8 de Ago de 2020

Por Lucas Baima - Como sabemos, o São Cristóvão é um dos clubes mais tradicionais da cidade do Rio de Janeiro. Perto de completar 122 anos, o São Cri-Cri já participou 71 vezes da elite do Campeonato Carioca, sendo o 8º clube com mais participações no campeonato. O Tóvão ainda coleciona em sua galeria 2 troféus de Campeão Carioca e algumas campanhas de destaque.

O início

Tudo começou quando o São Christovão Athletic Club, restrito apenas ao futebol, foi fundado em 1909. Teve sua primeira participação em um Campeonato Estadual logo em 1912, terminando sua performance no sétimo lugar. No ano seguinte, os cadetes demonstraram mais força e conseguiram fazer uma campanha melhor, terminando na sexta colocação, à frente de clubes tradicionais como o Bangu e o Americano.

Equipe do São Chistrovão em 1916, precursor da equipe Cadete. Fonte: Revista Careta
Anos dourados

Foi em 1917 que se iniciaram os anos dourados do clube no futebol. Neste mesmo ano, o São Cristóvão terminou na quarta colocação do campeonato. No ano seguinte ficou em terceiro, disputando ponto a ponto com Botafogo e Fluminense. Este bom desempenho se manteve por mais alguns anos, quando em 1926 o clube conseguiu sua glória máxima: conquistar o Campeonato Carioca. O Tóvão passou por cima de todos os adversários e venceu o campeonato de forma contundente.


Depois de conseguir o troféu em 1926, o clube voltou a figurar entre os 3 melhores em 1929, quando ficou atrás apenas de Vasco e América. Também foi nos anos 20 em que o atacante Vicente conseguiu ser duas vezes o artilheiro da competição, somando 44 gols nessas duas ocasiões. A década de 1930 veio para consolidar o São Cristóvão entre os grandes, apesar da expansão do profissionalismo no futebol, fazendo com que o desempenho fosse cada vez mais influenciado pelo poderio econômico de determinados clubes. Ao todo foram 6 campanhas de destaque terminando entre os 4 primeiros. Para coroar este período, veio o título de 1937 que, mesmo sendo muito discutido até os dias de hoje, sagrou o clube como bicampeão carioca. 


Nos anos 1940 os cadetes ainda tiveram boas campanhas como a de 42 e de 43. Esta teve João Pinto como artilheiro da competição com 26 gols anotados. Também foi em 1943 que houve a conquista do Torneio Municipal, um campeonato que era disputado apenas por clubes da cidade do Rio de Janeiro e que precedia o Campeonato Carioca.


A partir dos anos 50, o clube começou a apresentar um desempenho um pouco abaixo do que sua torcida se acostumou a ver. Em 1964, mesmo fazendo uma campanha decente, o clube amargou seu primeiro rebaixamento. Porém, logo no ano seguinte, o São Cristóvão mostrou sua força e foi campeão de forma invicta da Divisão de Acesso, retornando para a elite do futebol carioca, onde permaneceu por mais 13 anos.

Equipe campeã carioca de 1926. Fonte: Reprodução/Internet
Tempos atuais

A partir dos anos 80, o clube começou a frequentar mais vezes as divisões de acesso, se tornando um clube “elevador” e consequentemente um dos que mais participou do segundo nível do futebol carioca. Em 1995 foi a última vez que o São Cristóvão disputou a elite do Campeonato Carioca.


Atualmente o clube está se reestruturando de todas as formas para um dia retornar às glórias e conquistas marcadas na história de um dos clubes mais tradicionais do Rio de Janeiro.


Estádio Ronaldo Nazário nos tempos atuais. Foto: João Eduardo Gurgel

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

Endereço

Estádio Ronaldo Nazário 

R. Figueira de Melo, 200 - São Cristóvão, Rio de Janeiro - RJ, 20941-000, Brazil


 Sede Náutica
Av. Brigadeiro Trompowski, 21044 - Maré, Rio de Janeiro - RJ, 21941-590. Tel (21) 2260-9910

        ©2020 por São Cristóvão de Futebol e Regatas.                                                                                              cadete1926@gmail.com