São Cristóvão de volta para casa

Por Ana Luíza Pereira - O estádio Ronaldo Nazário, também conhecido como Figueira de Melo, tem uma linda história dentro do Rio de Janeiro. Cheios de momentos inesquecíveis tanto para o São Cristóvão quanto para outros times do Brasil. Em 2020, a sede do clube Cadete foi tombada como patrimônio histórico devido à sua grande importância na cidade.


Há 12 anos o São Cri Cri não manda um jogo no Ronaldo Nazário, o que atrapalha muito nos planos futuros do clube, que luta para voltar à elite do futebol carioca. A presença da torcida é fundamental no crescimento de um time de futebol. Claro, tirando os anos parados por pandemia. “O dia de jogo é fundamental para nossa estratégia, ampliar nossos negócios, parceiros, comercializar produtos, e principalmente a vantagem esportiva que é jogar na nossa casa”, conta Thiago Vancelotte, diretor de marketing do São Cristóvão.


Banner da Campanha de crowdfunding. Foto: São Cristóvão FR

Buscando voltar a receber sua torcida no estádio, o Tóvão preparou a campanha São Cristóvão de Volta Para Casa. Uma ação de crowdfunding, a famosa vaquinha, para reestruturar tudo que é exigido pelas autoridades. A campanha vai durar cerca de 2 meses e tenta arrecadar R$ 150.000,00 para cumprir os requisitos. Caso a meta não seja atingida, o dinheiro será utilizado para outras obras importantes dentro do clube.


Para conseguir atingir o objetivo, 35 embaixadores foram chamados para ajudar nessa campanha. Jornalistas, influencers de esporte e de outras áreas, abraçaram a causa e buscam ajudar na reestruturação do clube. Com o convite, essas personalidades se tornaram sócias vitalícias do clube.


Carteirinha vitalícia recebida por personalidades. Foto: Thiago Vancelotte/São Cristóvão FR

Julio Velasco, jornalista e dono da página “PL da Depressão”, diz que não pensou duas vezes na hora de aceitar ser embaixador do clube. “Pessoalmente é uma sensação de bastante orgulho”. Mesmo com receio da recepção do assunto na sua página, que trata de futebol inglês, resolveu entrar na campanha. O resultado foi diferente desse receio, o público recebeu muito bem e quis abraçar junto.


Para Pietro Delgado, da página “Curiosidades da Bola”, ser embaixador de um clube histórico e que faz parte da raiz do futebol carioca, ajudou a aceitar o convite. “Eu gosto disso, de tradição, de clubes tradicionais”. Mesmo sendo de São Paulo, Pietro quis ajudar e seu público gostou muito da ideia. Além desses, nomes como Milton Neves, Leo Bertozzi, Alfredo Sampaio e Djalminha fazem parte dessa grande ação promovida pelo clube.


O clube está trabalhando fortemente na campanha que é fundamental para o São Cristóvão voltar para a casa. É possível ajudar através do link https://www.kickante.com.br/campanhas/apoie-sao-cristovao-futebol-regatas.