São Cristóvão e Vasco da Gama – A relação entre os clubes vizinhos do Bairro Imperial

Por Lucas Baima - O futebol carioca sempre foi o mais importante e mais charmoso do Brasil. Desde sempre os times do Rio de Janeiro foram muito fortes, com jogadores de nível internacional e com isso, acabaram se tornando clubes tradicionais no cenário nacional. Atualmente, o futebol da Cidade Maravilhosa tem 4 clubes representantes na Série A do Campeonato Brasileiro. Três deles se concentram na Zona Sul da cidade: Flamengo, Fluminense e Botafogo. Já o Vasco da Gama por sua vez, tem sua sede em São Cristóvão, o famoso Bairro Imperial, onde também se situa o nosso Tóvão.


Os dois clubes estão localizados na Zona Norte da cidade e são praticamente vizinhos, tendo São Januário e o Estádio Ronaldo Nazário, antigo Figueira de Melo, apenas 2 km de distância. Com toda essa proximidade, os clubes estreitaram seus laços com o passar do tempo e além de meros vizinhos, se tornaram aliados.


O São Cristóvão viveu sua época de ouro entre as décadas de 20 e 40 do século passado. No Campeonato Carioca de 1934, os cadetes e cruz-maltinos disputavam ponto a ponto em busca do título. Na antepenúltima rodada do campeonato, os clubes se enfrentaram no Figueira de Melo. O São Cristóvão havia sido o único clube a ter batido o Vasco no campeonato e ia para a partida cheio de esperanças para que pudesse diminuir a diferença de pontos entre os dois times. A partida realizada numa tarde de domingo teve casa cheia e como resultado final um empate justo de 1x1. Mais tarde, uma combinação de resultados culminaria no título vascaíno daquele ano.

Jogo entre o São Cri Cri e o Vasco da Gama sendo destaque. Fonte: O Jornal

Com o passar dos anos os clubes vizinhos continuaram a se enfrentar e protagonizaram um jogo bastante emocionante pelo Carioca de 1943. O jogo válido pelo segundo turno do campeonato terminou com uma vitória espetacular dos cadetes por 6x4. Quem compareceu ao Figueira de Melo neste dia viu uma chuva de gols e viradas emocionantes.


Muitos destes acontecimentos passaram e décadas depois, em 2016, São Cristóvão e Vasco da Gama estavam envolvidos novamente. Desta vez não era dentro de campo, mas sim para ajudar este fator crucial para a prática do futebol.

Na ocasião, o atual estádio Ronaldo Nazário estava prestes a completar um século de existência. Devido o passar do tempo e a falta de recursos para investir em reformas, o gramado e a estrutura do estádio estavam um pouco danificadas. Foi neste momento em que o nosso vizinho ajudou a reestruturar o campo e outros setores como a irrigação, as arquibancadas, os banheiros e muito mais.

Relação de amizade entre os dois clubes e jogadores. Fonte: Sport Ilustrado

Recentemente, no final do mês de julho, a equipe profissional do Vasco da Gama escolheu a sede do São Cristóvão para treinos e amistosos para um período de quase três semanas. O Estádio Ronaldo Nazário foi escolhido por conta da proximidade entre os dois clubes, também pela qualidade do gramado e a boa relação dos vizinhos. Além dos treinos diários, o cruz-maltino ainda realizou um amistoso contra o Volta Redonda. A partida terminou com a vitória vascaína pelo placar de 2x1.


São Cristóvão e Vasco não têm se enfrentado nos últimos anos, sendo a última partida um amistoso em 2000.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo